NETZSCH usa Kinect para demonstrar seus produtos

Stand da NETZSCH na ABRAFATI

A NETZSCH Moagem e Dispersão, uma unidade de negócios do grupo global NETZSCH, está envolvida nas áreas de moagem a úmido e a seco, mistura, dispersão, desaeração e classificação de produtos tão delicados como tintas e corantes, chocolate, maquiagem e produtos de beleza.

As máquinas em escala laboratorial, bem como linhas completas de produção, são usadas em quase todas as áreas da indústria, como a inovadora nanotecnologia, a produção de tintas, minerais ou alimentos.

Para apresentar detalhes dos seus equipamentos e as plantas produtivas desenvolvidas com produtos NETZSCH, a Morphy Agência Interativa preparou um aplicativo utilizando reconhecimento de gestos com Kinect. Neste aplicativo o usuário navega pelo catálogo de produtos da NETZSCH, modelados em computação gráfica (3D), e ainda opera as plantas simulando a produção de diferentes tipos de tintas. Tudo usando apenas o movimento de suas mãos, sem qualquer controle remoto.

Apresentado em primeira mão no stand da NETZSCH na ABRAFATI, maior evento do setor de tintas no país, este aplicativo permite visualizar os equipamentos da empresa em diferentes ângulos, podendo rotacioná-los ou girá-los apenas com o movimento das mãos.

É possível ainda acompanhar o processo produtivo numa planta desenhada especialmente para o tipo de tinta escolhida pelo usuário, visualizando cada equipamento em funcionamento enquanto faz um passeio virtual pela planta.

Morphy usa Kinect para criar piano interativo

Quem visitar a árvore de Natal do Shopping Pátio Paulista deste ano poderá sentir-se um pouco dentro do filme “Quero Ser Grande (Big – 1988)”, no qual o protagonista vivido por Tom Hanks toca com os pés um piano gigante instalado no chão da loja de brinquedos FAO Schwarz, em Nova York.

Toda a estrutura onde fica a árvore de Natal e onde o Papai Noel recebe os pedidos das crianças foi construído sobre uma base em forma de piano de cauda, que tem suas teclas disponíveis para as pessoas tocarem usando os pés, como acontece no filme.

A diferença principal é que este piano do Shopping Pátio Paulista utiliza os sensores de movimento do Kinect, mesmo dos jogos do Xbox 360, para mapear o corpo de quem estiver em frente ao piano e para acionar as teclas virtuais quando as respectivas teclas marcadas no chão forem pisadas.

O teclado, impresso sobre uma fina estrutura de fórmica no chão do shopping, tem aproxidamente 6 metros de comprimento e corresponde as quatro primeiras oitavas (conjunto de 7 teclas) de um piano moderno. Ao todo oito pessoas podem tocar o piano ao mesmo tempo, acionando as teclas que estiverem a sua frente ou caminhando sobre elas.

O projeto cenográfico foi desenvolvido pela empresa Thematic, de Valinhas (SP), e a tecnologia usada no piano interativo ficou a cargo da Morphy, de Blumenau (SC), que utilizou na instalação quatro computadores ligados cada um a uma câmera do Kinect responsável por capturar os movimentos de cada oitava do piano. “Este é um projeto inovador por tornar possível a instalação de um piano interativo sem utilizar sensores físicos nas teclas, como foi feito no piano da FAO Schwarz”, comenta o diretor executivo da Morphy, Marlon Souza.

Para a diretora da Thematic, Silvia Doreto, “Uma nova era de instalações de Natal muito mais interativas se abre com o uso de tecnologias como esta e já começamos a planejar junto com a Morphy as novidades para o Natal de 2012”.

Jogo com Kinect é atração no stand da UNIASSELVI

O jogo desenvolvido pela Morphy utilizando reconhecimento de gestos através do Kinect foi a grande atração no stand da UNIASSELVI no 17º Congresso Internacional de Educação a Distância (EAD), em Manuaus.

Foi utilizada uma tecnologia que permite que todas as funções do jogo sejam controladas apenas com os movimentos das mãos e do corpo do jogador, sem necessidade de qualquer tipo de controle (com ou sem fio), e o jogo roda em um computador PC normal ligado a uma TV de LCD e a câmera para reconhecimento dos gestos do jogador.

Dividido em três fases, o jogo simula o dia-a-dia de um jovem estudante de EAD através de três de suas atividades diárias. Na primeira fase o jogador deve arrumar seu quarto, recolhendo os objetos no chão e colocando-os nos seus devidos lugares, apenas movimentando sua mão pelo cenário. Na segunda fase, com o uso do de corpo, é preciso guiar uma moto pelo trânsito da cidade até chegar na universidade. Finalmente, na terceira fase, o jogador caminha pelos corredores da UNIASSELVI a procura de sua sala de aula dentro da universidade.

Entre cada uma das fases o jogador precisa responder a um quiz com perguntas de conhecimento geral. Para auxiliá-lo, pode contar com as mesmas ferramentas com as quais contam os estudantes de EAD da UNIASSELVI: professor, telefone 0800 e o portal online.

Este projeto teve parceria com a Ativa Comunicação, responsável pelo enredo do jogo, redação e elementos gráficos. O roteiro, a modelagem dos cenários e o desenvolvimento do jogo ficou a cargo da Morphy.

A Morphy está desenvolvendo várias aplicações utilizando o reconhecimento de gestos e é hoje uma das principais desenvolvedoras neste tipo de tecnologia no Brasil. Vejas o case desenvolvido para o Banco do Brasil no lançamento do filme Rio.

WEG usa aplicativo da Morphy na Fenasucro

A WEG antecipa tendências mundiais ao combinar tecnologia e ciência para oferecer soluções completas de automação e elétrica para o setor de açúcar e etanol. Como acontece todos os anos, a WEG apresenta todo o seu pacote de soluções para o setor sucroalcooleiro através de um stand moderno e amplo na Fenasucro, maior feira do segmento no país.

Neste ano o diferencial do stand da WEG ficou por conta de um aplicativo desenvolvido pela Morphy que fez uso de telas de toque para facilitar a utilização.

O aplicativo apresenta informações dos produtos e soluções WEG para o setor de açúcar e álcool através de uma interface intuitiva e dinâmica que permite, por exemplo, ampliar e movimentar fotos e vídeos pela tela ou visualizar arquivos PDF com informações técnicas.

Para atrair os visitantes ao stand da WEG, a Morphy criou um jogo da memória com fotos de produtos e instalações, desafiando os participantes a descobrir todas as cartas em até 3 minutos. Os brindes a estes participantes eram oferecidos conforme a pontuação de cada um no jogo, aumentando ainda mais o desafio.

Portal Vem Pra Pomerode premiado no Top Turismo ADVB/SC 2011

A Associação dos Dirigentes de Venda e Marketing de Santa Catarina (ADVB/SC) divulgou a lista dos dez cases vencedores da quarta edição do Prêmio Top Turismo, no qual figura o Portal Vem Pra Pomerode, desenvolvido pela Morphy para a Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte do Município de Pomerode.

O prêmio é realizado anualmente e tem como objetivo reconhecer e prestigiar as melhores iniciativas desenvolvidas por empresas catarinenses que tenham contribuído para o incremento e consolidação do turismo no Estado. Uma comissão julgadora indicada pela ADVB/SC foi responsável por avaliar todos os cases inscritos na premiação e selecionar os dez melhores, de acordo com critérios como criatividade na utilização das diversas formas de contato com o público-alvo e abertura das informações comerciais e/ou gerenciais que comprovem resultados.
continue lendo >

Morphy desenvolve aplicativo para estande da WEG

Presente em mais de 100 países, a WEG é uma das maiores fabricantes mundiais de equipamentos para geração, transmissão e distribuição de energia, e atua nos mais diferentes segmentos, entre eles o de soluções para a indústria naval.

Para apresentar a grande variedade de equipamentos que a WEG oferece para a área naval, a Morphy desenvolveu um aplicativo para o estande da WEG no Brasil Offshore 2011. Sendo o principal evento do setor de petróleo e gás offshore do país, o Brasil Offshore, que aconteceu entre os dias 14 e 17 de junho no Rio de Janeiro, permitiu a discussão entre os profissionais de exploração e produção de petróleo e gás e a atualização sobre novas tecnologias.

Dentro de um navio de perfuração com a WEG

Dentro de um Drillship, um navio de perfuração de gás e petróleo, existem diversos motores e equipamentos elétricos produzidos pela WEG. Todos estes equipamentos são mostrados no aplicativo através de um navio modelado em computação gráfica (3D) pela Morphy, junto com os produtos WEG.


continue lendo >

Morphy cria game para lançamento do filme Rio

 Para promover o lançamento do filme Rio, a Morphy desenvolveu para o Banco do Brasil um jogo em forma de simulador de voo de asa delta sobre o Rio de Janeiro, em referência a cenas do filme, que utiliza tecnologia de reconhecimento de movimentos através da captação de uma câmera ligada ao computador para movimentar a asa delta virtual pelo cenário a cada movimento feito pelo jogador no comando da “asa delta real”.

 

O jogador fica literalmente pendurado numa estrutura muito semelhante a uma asa delta real e interage com o jogo apenas movimentando o triângulo que simula o comando da asa delta, sem qualquer conexão por fios ou controles remotos de vídeogames.

O jogo tem duas fases intercaladas por trechos do filme e dura aproximadamente 5 minutos. Na primeira fase o jogador voa sobre o Rio de Janeiro e tem que passar por um caminho específico para somar pontos. Já na segunda fase, ele precisa controlar a asa delta durante o pouso na praia de Copacabana.

Mais do que somar pontos ou vencer os desafios, o objetivo da ação é proporcionar ao jogador a experiência de estar em condições semelhantes ao de um voo de asa delta enquanto se diverte num jogo de vídeogame. É uma ação interativa que mostra aderência ao tema do filme e ao local que está sendo executada (praia de Copacabana), além de vanguarda em usar tecnologia de ponta.

Além do planejamento da ação interativa e da programação do jogo, a Morphy foi responsável também pela modelagem 3D de todos os elementos, incluindo personagens e cenários, inaugurando assim a nova área da empresa responsável pelo desenvolvimento de modelos e pela animação 3D para os projetos da agência e também para o mercado publicitário em geral. Segundo Marlon Souza, diretor executivo da Morphy, “esta nova área nos dá maior autonomia e agilidade para atendermos nossos clientes, assim como nos posiciona como um novo player no mercado da modelagem 3D”.

Este é o segundo projeto que a Morphy desenvolve para o Banco do Brasil, já que em 2010 usou também a tecnologia de realidade virtual no jogo de frescobol desenvolvido para o Salão Imobiliário de SP, do qual o banco participou.

Sesc SP adota Frescobol Virtual na colônia de férias

A unidade de Campinas do SESC SP teve mais uma opção de entretenimento em sua colônia de férias neste verão. O frescobol em realidade virtual fez parte da programação da instituição nos meses de janeiro e fevereiro, entretendo diversas crianças que desfrutavam as férias nesta unidade. O jogo esteve disponível no período de 08 de janeiro a 28 de fevereiro e chamou muito a atenção das crianças por usar apenas uma raquete convencional de madeira para jogar, sem os controles já conhecidos do Wii.
continue lendo >