Amora é a marca do Grupo Kyly para o público adolescente

Criada e desenvolvida exclusivamente para o público Tween que quer construir um estilo próprio, a marca Amora chega ao mercado nacional com a proposta de entregar moda com o perfil desse público jovem.

Site Amora

Moda, música, novas tecnologias e redes sociais são algumas das paixões das jovens entre 12 e 18 anos que a Kyly busca conquistar com sua nova marca, Amora. É um público que têm acesso a todos os tipos de informação e que busca construir uma identidade própria e exclusiva.

A Amora traz peças de vestuário e acessórios para as tweens que permitem criar diferentes possibilidades, ser diferente e ao mesmo tempo cheias de estilo. As coleções apostam em  sobreposições, brilho, glitter, paetês, estampas diferenciadas e acessórios com muita personalidade.

Para traduzir todo este conceito e agradar as adolescentes em seu website, a Amora apostou em um visual descolado e muita integração com as redes sociais. Com projeto e desenvolvimento da Morphy, o site Amora (www.maisamora.com.br) possui um visual blocado, com caixas em tamanhos e formatos variados e que apresentam tanto os conteúdos do próprio site quanto informações vindas do Instagram e do Facebook.

Ferramentas adicionais complementam o site, permitindo que as visitantes criem seus próprios looks com as peças da Amora e compartilhem no site, assim como descubram os looks indicados para ela depois de responderem a um quiz interativo.

Fotos da campanha, lookbook, temas da coleção, making of e links para a loja virtual ou a relação de lojas que vendem a marca são áreas que complementam o site.

Empresa sediada em Londres, atua com pesquisa e análise de tendências para o mercado brasileiro de moda.

As tendências de moda analisadas por empresas de qualquer segmento hoje são globais. Indústrias, estilistas e diferentes companhias prestam atenção no comportamento do consumidor em todos os lugares do mundo, desde o que está presente nas ruas ao que desfila nas passarelas. Com esse intuito surgiu a Cool Weaving, empresa que atua com pesquisa e análise de moda fornecendo subsídios para os profissionais do mercado.

cool-weaving-morphy-home

Localizada em Londres, a empresa está focada em oferecer conteúdo direcionado ao mercado brasileiro. Para isto desenvolveu um portal para que seus clientes possam acompanhar as tendências, dando suporte internacional desde a criação de roupas, editoriais e até campanhas das marcas brasileiras. 

A Morphy Agência Interativa, de Blumenau (SC), que acumula grande experiência em projetos voltados a área de moda, foi a escolhida pela Cool Weaving para o desenvolvimento do portal. Direcionada a estilistas, lojistas, empresários e profissionais do mundo da moda, a ferramenta online tem como objetivo acompanhar os acontecimentos do setor através de imagens, análises, conteúdos de inspiração, vídeos e previsões do que está por vir nas próximas estações. 

cool-weaving-morphy-acesso

O portal possui conteúdo cadastrado diariamente por diferentes perfis de profissionais, espalhados pelas capitais que são referência no mundo da moda, como Londres, Paris, Milão, entre outras. “Mais do que um site, desenvolvemos uma ferramenta diferenciada que auxilia os profissionais da moda na hora de buscar conteúdo e inspiração”, ressalta Tiago Schmitt, gerente de projetos da Morphy.

Diferencial estratégico

Com um visual dinâmico e sofisticado, o portal destaca as principais manifestações de cultura e comportamento mundial através das suas Fashion Analysis. Esta ferramenta traz um olhar global sobre a moda por diferentes primas, como as ruas, vitrines, mídia, entre outros.

Já o Cool Space é uma ferramenta personalizada que permite reunir materiais de pesquisa e inspiração entre tudo o que é apresentado no Cool Weaving. Nesse espaço é possível, por exemplo, cortar e armazenar detalhes de imagens do site, deixando a pesquisa mais específica e auxiliando na tomada de decisões estratégicas. 

Outro destaque do portal é um ambiente onde o usuário pode comparar fotos através de uma interface que permite, por exemplo, identificar as diferenças nas tendências da moda entre Londres e Milão através da comparação de fotos dos dois lugares para o mesmo período.

“A ideia é fazer do site a plataforma de trabalho dos profissionais de moda, permitindo a pesquisa de tudo o que abrange o mundo da moda e que alimenta toda a cadeia produtiva.”, destaca Sidnei J. Raulino, CTO da Cool Weaving

Morphy desenvolve loja virtual para Seed Store

Se engana quem pensa que sustentabilidade e tecnologia não podem caminhar juntas. A Morphy Agência Interativa, de Blumenau (SC), desenvolveu o site da Seed Store, uma loja de Florianópolis (SC) que adota os conceitos surf wear e de relacionamento próximo a natureza na escolha dos seus produtos que estão disponíveis em seu exclusivo site.

No ambiente virtual é possível visualizar todos os itens que estão à venda de forma prática e funcional, além de ícones que indicam as promoções e novidades da loja. Entre as marcas vendidas estão Coca-Cola Clothing e Roxy.

O conceito da Seed Store é uma filosofia de vida aliada a transformação. O objetivo é inspirar as pessoas a sonharem e explorarem o mundo e, ao mesmo tempo, preserva-lo. “Nessa nova estruturação, queremos satisfazer nosso cliente dentro de um estilo de vida que une moda, esporte e lazer, oferecendo uma ferramenta simples e eficiente para uma experiência tranquila, e a Morphy teve um papel fundamental nisso”, ressalta Quelen Cassini Guedes, sócia da Seed Store.

Home  -  Seed Store

Para que o site pudesse ser visto em várias plataformas, a Morphy desenvolveu um layout responsivo, ou seja, que se adapta a qualquer aparelho eletrônico (computadores, smartphones, tablets). “Durante dois meses de desenvolvimento, atualizamos a plataforma e a integração do conteúdo. A ideia da reformulação é deixar o sistema mais funcional em todos os aparelhos, facilitando o consumidor na hora de fazer a sua compra online”, ressalta Lucas Negri, gerente de projeto para e-commerce da Morphy.

Layout Responsivo - Seed Store

Além da rapidez no carregamento das páginas e uma estrutura pensada nas necessidades atuais do mercado, o site também tem como diferencial um chat. A ferramenta possibilita que o usuário tire as suas dúvidas ou envie sugestões para a loja.

Visite o site: www.seedstore.com.br

Morphy amplia sua atuação no mercado de e-commerce

Primeiros projetos entregues em 2013 reforçam expertise da empresa neste mercado

Quem nunca fez uma compra pela internet, certamente está bem próximo de fazer. Os números comprovam o aumento da movimentação financeira online. Em 2012, o Brasil faturou R$ 22,5 bilhões no comércio eletrônico – 20% a mais do que no ano anterior.

Atenta a este mercado, a Morphy Agência Interativa, de Blumenau (SC), adquiriu no final de 2012 a Doupler, especializada no desenvolvimento de lojas virtuais. Com a absorção da equipe, a empresa colocou o comércio eletrônico entre os seus principais produtos.

Marlon Souza, diretor da Morphy, diz que o movimento segue o objetivo de tornar a empresa full service na oferta para o mercado digital, atuando em todas as frentes deste segmento. “O e-commerce não é uma ferramenta apenas para o consumidor final. Grandes marcas de B2B (Business to Buniness) também estão apostando nela como forma de automatizar alguns processos e facilitar os negócios com o cliente”, comenta.

Nos primeiros meses de 2013 a Morphy entregou cinco projetos de comércio eletrônico. “Estamos cada vez mais fortes no segmento, com cases para empresas como Fischer, Haco, Lancaster, Rovitex e Todolivro, entre outras. Temos ainda um projeto internacional desenvolvido para uma empresa de Nova York, chamado Indira, e vários outros em andamento”, afirma Marlon.

Veja alguns projetos de e-commerce entregues pela Morphy nas últimas semanas.

Von der Völke: SC style
Transmitir o lifestyle catarinense em peças que repassem qualidade de vida, o gosto por esporte e a tradição da nossa ascendência europeia. Este é o objetivo da Von der Völke, marca de Blumenau (SC), que nasceu no final de 2012. Como o objetivo dos fundadores é também disseminar a proposta de branding da marca, o site não tem aparência de e-commerce tradicional. Os dois foram desenvolvidos pela Morphy. Nesta primeira etapa, estão sendo comercializadas t-shirts e polos.
Segundo Thiago Matesco, diretor comercial da Von de Völke, a estratégia inicial da marca era vender apenas online. Para isso, precisava de um parceiro no desenvolvimento do e-commerce que transmitisse para os clientes muita confiabilidade. “Hoje somos muito felizes por ter uma loja segura, transparente e com uma fácil navegação”, acrescenta.

Home page   Von der VolkeHome Von der Volke

Tatastore: moda teen
Produtos selecionados pela dona da loja e voltados para moda jovem. Este é o negócio da Tatastore, de Indaial (SC), que teve o projeto de e-commerce desenvolvido pela Morphy. Como o público-alvo é de mulheres entre 17 e 29 anos, o site tem um apelo fashion muito forte. Lucas Negri, gerente de comércio eletrônico da Morphy, comenta que alguns dos diferenciais da loja são a linguagem despojada e as fotos que mostram atitude, aproximando as modelos de pessoas reais que compram os produtos.

Quero no Meu Closet: público diferenciado
Este é um site que reúne mais de 50 marcas nacionais e internacionais de produtos de moda – de roupas a acessórios – voltados para um público que aposta em itens de alto valor agregado. O grande diferencial desta loja virtual, voltada ao público feminino, é o trabalho de curadoria feito pela gestora do site, que garimpa peças exclusivas e ainda monta looks completos que podem ser adquiridos na íntegra pelas consumidoras.

Quero No Meu ClosetHome Quero no Meu Closet

Dagatex: loja com identidade de moda
Ao construir sua loja virtual a Dagatex não quis perder o estilo da marca ou construir dois sites completamente diferentes. Por este motivo, a Morphy propôs uma solução que integra site e comércio eletrônico e que, ao mesmo tempo, apresenta as coleções e estimula a compra online. Para Ivan Junges, gerente de projetos da Morphy, o grande desafio foi desenvolver um site com o estilo da marca, mas mantendo o foco no e-commerce.
Gelásio Ottickir Jr., gerente de projetos da Dagatex, diz que a entrada da empresa no comércio eletrônico deu-se em função de uma observação de mercado. “Percebemos que era um diferencial ter essa venda sem fronteiras que a internet possibilita”, comenta. A escolha pela Morphy aconteceu através do portfolio e o processo correu com sucesso absoluto na opinião do executivo. “O resultado foi muito além do esperado. A estratégia de entrada com essa ferramenta deu certo e deve se mostrar ainda mais acertada daqui por diante”, complementa.

Metalnox: B2B online
Não é só quem vende para o consumidor final que precisa de lojas virtuais de alta qualidade. A Metalnox é uma empresa especializada em equipamentos e insumos para companhias que comercializam foto produtos. Vende diretamente para pessoas jurídicas e usa o comércio eletrônico para facilitar as vendas para clientes de todo o Brasil e de diferentes tamanhos de negócio. Sammy Newton, diretor de projetos da Morphy, aponta que o objetivo da empresa com este projeto foi proporcionar um ambiente seguro e mais fácil para que os clientes pudessem fazer os seus pedidos e ter acesso ao conteúdo de auxílio ao seu trabalho.

 

Moda e facilidade na hora da compra, nova loja virtual Clé-e

Cle-e iniciou suas vendas online através da exibição dos produtos fabricados em um sistema de “catalogo digital”. Ao iniciar este modelo de vendas foi possível perceber a aceitação da marca e produtos no mercado, aonde surgiu a necessidade de utilizar uma plataforma de loja virtual mais robusta e completa.

Por indicação da empresa responsável pelo catalogo digital a Cé-e chegou até a Morphy. O objetivo inicial do projeto foi ter maior controle sobre os pedidos através de relatórios e controle de estoque. Além de melhorar a gestão da loja o objetivo por parte dos usuários foi melhorar a experiência de compra facilitando o processo de checkout e pagamento.

Loja Virtual Clé-e

Em paralelo ao desenvolvimento da loja a equipe de marketing e gestão da Clé-e intensificou seu trabalho na comunicação da loja e marca nas redes sociais, em blogs de moda e eventos.

Mercado Brasil – Aplicativo mobile permite que consumidor escolha a roupa sem sair de casa

Mercado Brasil - Aplicativo mobile permite que consumidor escolha a roupa sem sair de casa

Acontecendo Aqui – Morphy cria aplicativo mobile que permite que clientes da FIP escolham a roupa sem sair de casa

Acontecendo Aqui - Aplicativo FIP

App mobile permite que consumidor escolha roupa sem sair de casa

Com a velocidade da vida contemporânea, nem sempre dá tempo de ficar horas olhando vitrines e escolhendo o melhor look. A Morphy Agência Interativa desenvolveu para a FIP um aplicativo que possibilita aos clientes escolherem os produtos comercializados no centro de compras através de tablets e smartphones. A ferramenta permite vestir uma boneca virtual com as peças das lojas instaladas na FIP e experimentar diferentes combinações para escolher a mais adequada ao estilo de cada pessoa.

correta

No aplicativo, é possível escolher entre gênero masculino e feminino e também por biótipo: criança, adulto e plus size. Além de peças superiores e inferiores de roupa, o usuário pode optar por vestir a personagem com lingerie, moda praia, e ainda incluir acessórios como bolsas, brincos, colares e cintos. Para facilitar a escolha do produto ideal, o aplicativo ainda indica a loja onde cada roupa pode ser encontrada e preço praticado naquele produto. O usuário da boneca virtual pode salvar no seu celular ou tablet os looks que montar, compartilhar este look nas redes sociais ou enviá-lo por e-mail.

app-fip-morphy

A primeira versão da boneca virtual havia sido lançada no final de 2012, porém essa nova versão do aplicativo ganhou mais recursos, como a possibilidade de misturar peças de várias lojas e também verificar preço e uma foto ampliada de cada peça para mais detalhes.

Segundo o diretor da Morphy, Maycon Souza, além de ser versátil, é uma ferramenta divertida, já que é possível brincar com várias peças e estilos até encontrar o que mais combina com o que se está procurando. O aplicativo está disponível gratuitamente para iOS e Android

Morphy reforça o conceito de inovação no SCMC

 A Morphy Agência Interativa foi a responsável pelo novo site do Santa Catarina Moda Contemporânea (SCMC). Mas a página na internet é apenas um dos trabalhos desenvolvidos ligados ao projeto. Durante o evento final, realizado nos dias 23 e 24 de novembro, no P12 Parador Internacional, em Florianópolis, um aplicativo foi elaborado para fazer parte da instalação do time da Hering.

 De acordo com Denis Budag, gerente de projetos da Morphy, o site permite a visualização e a navegação facilitadas, que destaca as empresas e instituições de ensino participantes e as principais informações sobre o que é o SCMC. Segundo o profissional, a intenção foi valorizar os parceiros e deixar aparentes as novidades do projeto.

 No layout foi utilizado um efeito chamado parallax, que faz com que as várias camadas do site se movimentem em tempos diferentes, dando a sensação de profundidade. “O objetivo foi criar um espaço virtual e que reflita as características de inovação do SCMC”, comenta Denis.

 Além do site, a Morphy desenvolveu um projeto para a participação da Hering no evento final do Santa Catarina Moda Contemporânea. Quem visitou o estande da da empresa foi convidado a fazer uma foto no telão disponível no espaço. Através de uma tela de toque, foi possível ainda deixar seu nome e escrever algum recado. A integração com a Fanpage da marca possibilitou o envio automático para um álbum no Facebook. A ideia, segundo o diretor da Morphy, Marlon Souza, foi deixar o ambiente mais interativo além de fazer um registro de quem passasse por lá.

 Foto: Eduardo Beltramini

Alexandra Farah, colunista da Vogue Brasil, esteve no evento e postou em seu Instagram uma foto dela e mais dois amigos usando o aplicativo

Acontecendo Aqui – Morphy renova site da Lancaster oferecendo nova ferramenta para os estilistas