Todolivro lança nova versão da loja virtual

Há mais de 60 anos no mercado, a Todolivro é uma editora consolidada no segmento de literatura. Desenvolve e distribui livros infantis e adultos com suas marcas próprias: Eko, Brasileitura,  Todolivro e SBN. Localizada em  Blumenau (SC), a Todolivro surgiu da tradicional Livraria Alemã e  tem como objetivo unir o sonho e fantasia, característicos da infância, ao universo da literatura. Para estar ainda mais perto dos consumidores de todo país, a empresa apostou na reformulação da sua loja virtual.

A  blumenauense Morphy Agência Interativa  foi a responsável pela arquitetura, design, funcionalidades e desenvolvimento do novo projeto do site, reposicionando a marca na versão online. De acordo com o gerente de comércio eletrônico da Morphy, Lucas Negri, o desafio era criar um novo ambiente virtual sem perder o foco da loja. “O principal objetivo do site  era a atualização do sistema que atendesse a demanda de crescimento da empresa  para o mercado nacional do e-commerce”, explica.

Lucas ressalta que o novo site facilita a busca e ainda destaca lançamentos e promoções especiais. “Mesmo sendo uma loja segmentada, a Todolivro atende os mais variados públicos, oferece livros para crianças de várias idades e também para adultos. A ideia era otimizar a navegação e direcionar o usuário na escolha do mix de produtos finais”, comenta.

Para o gerente comercial da Todolivro, Stephan Koing, o site foi reestruturado para que os clientes encontrassem de forma mais rápida o que procuram, visando as melhorias de usabilidade. “A loja virtual é um meio de comunicação que nos possibilita  um contato com  o consumidor final  e isso nos ajuda bastante a entender melhor o usuário e ser mais assertivo nos lançamentos de novos produtos. O site também é uma forma onde conseguimos disponibilizar um catálogo atualizado para os clientes.” explica. 

busca-todolivro-morphy

Ações simples e tempo reduzido

A Morphy desenvolveu algumas ações para auxiliar os clientes da Todolivro. Uma delas é a busca avançada que faz com que quando o usuário comece a digitar a sua pesquisa, a loja já indique algumas literaturas. Além disso, em todas as páginas estão visíveis as informações sobre quanto falta para atingir o frete grátis e um resumo de seu carrinho. Ao final de cada visualização, automaticamente, a página carrega mais produtos, facilitando o usuário na hora da compra. 

Todos os livros cadastrados no site tem uma resenha, indicação de habilidades desenvolvidas nas crianças e um vídeo sobre a coleção. Alguns títulos possuem a função “Ler um trecho”, permitindo que o cliente leia algumas páginas antes de comprar. Além de toda essa estrutura, o site possui uma vendedora online, que atende através de um chat, permitindo ao cliente flexibilidade na escolha do seu produto. 

resumo-livro-descricao-todolivro-morphy 
Outro destaque é o Programa de Recomendação de Amigos, criado pela Todolivro. O cliente se inscreve na loja virtual e pode indicar amigos através de um  e-mail que recebem um cupom específico de desconto. Para cada compra efetuada por meio dessa indicação, ele recebe um bônus que pode ser utilizado no site.

“Todos esses elementos desenvolvidos para a loja virtual foram pensados diretamente para o usuário final. A ideia é que ele possa realizar mais ações em um tempo reduzido, otimizando o processo de compra e aumentando a conversão”, finaliza Lucas.

Hmmm, cheirinho de livro no ar

Foi só começar a surgir o Kindle, iPad, E6 e muitos outros que o assunto já estava nas rodas de discussões. Alguns afirmam que a evolução é importante para a sociedade, e que os livros digitais são uma boa pedida. Outros batem o pé e acreditam que a tecnologia não vai acabar com as bibliotecas físicas.

Umberto Eco e Jean-Claude Carrière, por exemplo, são autores de Não Contem Com o Fim dos Livros, e temem que a era tecnológica se transforme num apocalipse que não deixará página sobre página.

O fato é que a chamada quarta-tela (televisão, computador pessoal e telefone celular) está trazendo mudanças no modo de ler.

Para os que não haviam se entregado de corpo e alma às tablets argumentando que o cheirinho de livro é indispensável, a DuroSport Eletronics desenvolveu o Smell of books, um spray ideal para ser aplicado nos e-readers.

Nesse ritmo de inovação, a empresa Amazon vai oferecer o recurso de empréstimo de livros, isto é, quem tem um Kindle poderá emprestar a obra para o amigo que também possui o e-reader.  Só que diferente daquele amigo que não devolvia o livro, ele só terá 14 dias para concluir a obra, depois ele bloqueia automaticamente e volta para o Kindle do dono.

Isso só demonstra que a tecnologia precisa além de inovar, ter a sensibilidade de aproximar o uso corriqueiro das pessoas, com as novidades que vêm para facilitar a vida de todos.

As fantásticas redes sociais de livros

Perguntinha rápida: você consegue lembrar de todos os livros que já leu?

Há quem diga que a internet afasta as pessoas da literatura, mas o fato é que cada vez mais surgem novas comunidades para interagir com o público que procura por resenhas, dicas, ou até mesmo apenas por ter o prazer de compartilhar a leitura.

Temos muitas opções de redes sociais gratuitas por aqui, basicamente todas são iguais, você se cadastra e adiciona na sua prateleira os livros que leu. O que muda entre um e outro é a funcionalidade.

O Skoob – www.skoob.com.br

Significa books de traz pra frente – é o mais popular de todos, tem mais de 269.809 cadastros. O layout dele é básico, mas por ser bem popular você encontra praticamente todos os livros que procura.

O que achei bem interessante é que, ao buscar um determinado livro que já possui muitas edições, ele encontra um histórico das capas da obra e você pode selecionar exatamente a que leu. Também pode determinar quanto falta para concluir a leitura. continue lendo >