Unimed Vida Digital utiliza jogos para levar conhecimento a mais de 13 mil alunos

Ambiente digital composto por oito jogos estimula nutrição saudável e prevenção de acidentes para crianças de 20 escolas de SC. Morphy Digital Group e Farofa Studios assinam o desenvolvimento do projeto.

Chamar a atenção dos estudantes em tempos de smartphones, tablets e videogames não é tarefa fácil, mas o Instituto Unimed SC acredita que é possível passar mensagens educativas através de uma interação com o universo lúdico infantil explorando as possibilidades que a tecnologia apresenta. E é pensando nisso que foi lançado o projeto Unimed Vida Digital, desenvolvido em parceria com a Morphy Digital Group e a Farofa Studios.

Nas escolas parceiras do Unimed Vida, os estudantes têm acesso ao Portal com oito jogos que tratam dos temas de alimentação saudável e prevenção de acidentes em casa e na escola. Os 13 mil alunos com idades entre seis e dez anos de 20 escolas da rede pública e privada de Blumenau (SC) e região foram os primeiros a receberem o projeto, que pode ser adotado por outras unidades da Unimed no Brasil.

Sharon Haskel Koepsel, responsável pelo projeto dentro da Unimed Blumenau, comenta que o Unimed Vida tem mais de 15 anos de um trabalho de apoio às escolas da região na disseminação de conhecimento sobre saúde. “Sentimos que era o momento de buscar novas estratégias de transmitir conteúdo de maneira a cativar e aproximar ainda mais as crianças e o uso da tecnologia mostrou-se o melhor caminho”, conta.

Segundo Sharon, a Morphy foi a empresa escolhida pela sua experiência com projetos deste porte e com este perfil de público. O desenvolvimento do projeto envolveu, além da Morphy, também a empresa Farofa Studios, que foi a responsável pela criação visual dos jogos, e profissionais ligados ao Unimed Vida, como bombeiros, nutricionistas e pediatras.

Entre os desafios para este projeto estava a criação de jogos e de um universo que fossem atraentes para as crianças e que, ao mesmo tempo, transmitissem todos os conceitos pregados pelo Unimed Vida. Por isso, adotou-se dinâmicas conhecidas de outros jogos famosos e elas foram adaptadas para o enredo desejado.

Unimed Vida Digital

Outra questão importante foi não incentivar demais a competitividade entre as crianças. Por isso, todos os jogos são individuais e com contagem de tempo. É possível acessar um ranking com os melhores resultados, mas não há um vencedor ou um perdedor em cada etapa. Também houve um cuidado com o desenvolvimento do personagem, permitindo que cada criança crie seu próprio avatar de acordo com suas características ou preferências, mas todos mantém a mesma estrutura física.

O universo virtual Unimed Vida Digital está acessível apenas aos estudantes das escolas que participam do programa Unimed Vida, mas um dos jogos, chamado Come-corre, está disponível para download para todos nas plataformas iOS e Android.

Sobre os jogos

O primeiro passo do estudante que entra no ambiente virtual é desenhar o seu personagem. Depois disso, ele começa a explorar o universo por uma consulta com o pediatra, onde ele passa instruções sobre a importância deste contato com o médico de maneira periódica. Em seguida, começa a explorar os games.

Tiago Schmitt, gerente de projetos, aponta que a Morphy realizou um estudo sobre os tipos de jogos que estão em ascensão na faixa etária que é o foco do programa e, com base nisso, desenvolveu as primeiras aplicações. “Temos jogos de exploração, estratégia e puzzle exatamente para estabelecer essa ligação entre o mundo fora da escola e dentro do programa”, comenta.

Abaixo, mais informações sobre cada jogo:

– Come-corre: também disponível para download para iOS e Android, o jogo é uma perseguição aos alimentos que fazem bem à saúde e uma fuga dos que trazem malefícios. O objetivo do aluno é conseguir buscar o maior número de bons alimentos no menor tempo, desviando dos alimentos com açúcar, gordura e produtos industrializados.

– Recomendo: é um jogo de puzzle onde a criança precisa selecionar um número pré-definido de alimentos reguladores, energéticos e construtores. O objetivo é aprender sobre o que são e qual é a importância destes tipos de itens para a alimentação selecionando o maior número de grupos possível.

Unimed Vida Digital

– Tá com sede: embora as orientações sobre beber o maior volume de líquidos possível estejam cada vez mais claras, as crianças muitas vezes ainda não tem esse hábito. A ideia do Tá com Sede? é estimular a ingestão de sucos naturais. Obtém os melhores resultados quem conseguir fazer mais suco com frutas diferentes no tempo determinado.

– Cantina Saudável: o jogo reforça a importância de três refeições completas ao dia – café da manhã, almoço e jantar. A criança monta pratos com os itens necessários para uma boa alimentação em cada uma das refeições e tem como objetivo servir o maior número de alunos possível da maneira correta.

– Prevenção: os perigos de uma casa muitas vezes não são observados pelos pais e nem pelas crianças. Com uma casa fictícia, os alunos têm como objetivo identificar perigos como vazamento de gás, cabo de panela fora do fogão e equipamentos mal instalados.

– Abandono: a Unimed incentiva os planos de abandono das escolas em caso de incêndio. Neste jogo, os membros da comissão, que são os últimos a deixarem o local, precisam sair da escola desviando dos objetos jogados e trazendo consigo os alunos que ficaram dentro na escola.

– Cuidado, perigo: neste game de exploração, as crianças passeiam pelo pátio de uma escola e  precisam encontrar alguns indícios de perigos espalhados pelos diferentes locais, como uma mesa quebrada ou poças d’água no chão.

– Travessia segura: o personagem precisa ir até a escola passando pelas faixas de pedestre, identificando no caminho algumas oportunidades de exercer seus deveres como cidadão – um cachorro abandonado ou uma senhora precisando atravessar, e ainda desviar de tentações como lan-house, brincar na praça, entre outras.

Unimed Vida Digital

Escola Barão inicia ano letivo com site reformulado

Entregar mais informações para pais e alunos e maior versatilidade para professores e funcionários. Essas são as propostas do novo site da Escola Barão do Rio Branco, desenvolvido pela equipe da Morphy Agência Interativa em parceria com a Brava Propaganda. O novo espaço web foi lançado no início de fevereiro, como preparativo para a volta às aulas e é totalmente adequado a diferentes navegadores, como tablets e celulares.

De acordo com o diretor de projetos da Morphy, Sammy Newton, o site é uma grande ferramenta de comunicação com a escola, pois permite acesso mais facilitado ao conteúdo. “O maior desafio deste trabalho foi a arquitetura de informação e o atendimento aos diferentes públicos da escola, tanto internos quanto externos: pais, professores, alunos, funcionários e comunidade. Buscamos criar uma estrutura de fácil navegação e que fosse interessante para todos”. Segundo Sammy, o espaço virtual possibilita acompanhar a rotina da escola através do blog e da agenda, organizada por anos letivos e cursos. Na seção Dia a Dia, por exemplo, os destaques são para informações que auxiliam na comunicação do aluno com a escola como informações sobre uniforme, alimentação, material escolar, entre outras. Além disso, o blog está dividido por assuntos e nível escolar, o que ajuda a acompanhar tudo o que está acontecendo diretamente com o público que interessa.

Home - Escola Barão | Morphy Agência Interativa

Sammy comenta ainda que o principal canal de comunicação entre professores e pais eram os e-mails e, agora, a ideia é centralizar tudo no site para incentivar o uso deste canal. “Com um espaço mais versátil, é possível que tudo seja feito através do website. A atualização pode ser feita diariamente pelo professores e, consequentemente, os pais podem ter acesso ao que os filhos estão fazendo na escola”, explica.