Revistas Interativas

Muitos departamentos de mídia, criação, planejamento, etc tem uma ideia bem definida de como fazer um anúncio para revista. Dependendo de qual lado a página vai estar, se será dupla ou única e por aí vai. Uma fórmula de como criar para o formato.

Mas, mesmo com essa receita criada com anos de história, dá pra ser interativo? Faz sentido? Faz sentido sim! Felipe Neto!

Dois exemplo bem legais de como fazer isso são:

A Leo Burnett de Mumbai criou para a marca de sabão em pó Tide, anúncios em que você remove as manchas das roupas branquinhas dos personagens.

Outro case recente é o test-drive impresso que a Volkswagen da Noruega criou. Com um aplicativo de realidade aumentada, você percorria a rua que estava no anúncio e conhecia os novos itens que a marca estava incorporando em alguns modelos.

Integrar anúncios de revista com a tecnologia de outras mídias, como o celular, está ficando cada vez mais interessante, como nesse exemplo da seguradora Belga Axa, onde o anúncio só é “completo” com o uso de um aplicativo.

Bem legal.

Categoria: Labs.
Tags: , , .

Sobre Alexandre Santos

Estudante de Publicidade e Designer na Morphy - Agência (mais que) Interativa

Deixe um Comentário

Os campos com * são obrigatórios. Seu e-mail não será divulgado.