Kinect – You are the Controller

Kinect revealed

Kinect revealed

Creio que todos viram o vídeo efeito Kinect, mas diferente do vídeo de apresentação que mostrava apenas idéias baseadas no uso doméstico, para chat e entretenimento, este vídeo traz usos em diversas áreas, de salas de aula a hospitais, de estúdios de gravação a planetários.

Na Morphy temos feito alguns projetos utilizando o poder do Kinect, seja para jogos, ou outro tipo de interatividade, utilizando-o como sensor de presença e ainda temos muito mais pra apresentar e várias coisas rolando no nosso P&D.

Mas apesar de ser o eletrônico com venda mais rápida da história, batendo 2,5 milhões de unidades em 25 dias, ele é um aparelho que ainda é mágico para muitas pessoas, então a pergunta é: “Como ele faz isso Mr M.?”.

Bom, o Kinect é um conjunto de sensores que permite ao utilizador apenas com movimentos ou comandos de voz, este recurso ainda pouco utilizado, comandar um jogo ou aplicação. Ele nasceu de uma parceria da Microsoft com a Prime Sense, que foi quem abriu caminho e desenvolveu a idéia inicial do projeto, e que após o lançamento do Kinect fechou uma parceria com a ASUS e desenvolveu um equipamento similar, mas com uso exclusivo em computadores, o Xtion PRO LIVE.

Em suas configurações o Kinect e o Xtion possuem:

  • Câmera RGB:
    • Ela é o elemento mais simples, ela captura a imagem como a webcam do seu computador.
  • Infravermelho:
    • Parte fundamental do conjunto, são disparados vários pontos de luz infravermelha no ambiente que ao olho humano são imperceptíveis.
  • Sensor de profundidade:
    • É uma câmera especial que consegue ler o infravermelho e passar isso para o processador que o Kinect possui.
  • Microfones:
    • O Xtion tem 2 e o Kinect tem 4, e graças a esse array de microfones é possível reconhecer a distância e posição de onde vem a voz.
Visão do Sensor de Profundidade do Kinect

Visão do Sensor de Profundidade do Kinect

Como dá para perceber o que não falta são informações do ambiente, tudo isso passa por um pré-processamento dentro do próprio Kinect que envia esses dados brutos, RAW data, para o Xbox ou, como no nosso caso, para o PC.

No PC temos instalado um Middleware, ou seja, um conjunto de aplicações, que resgata os dados vindos do Kinect e transcreve em dados que podem ser utilizados, como a posição tridimensional (X, Y e Z) do objeto, ou pessoa, rastreado.

E é com esse conjunto de dados que conseguimos calcular distâncias, determinar posições e criar interações muito mais fluídas e naturais, dando jus ao conceito NUI, Natural User Interfaces.

Espero que esta leitura tenha sido proveitosa, e se você quiser saber mais sobre tudo que podemos fazer utilizando essa e outras tecnologias, entre em contato.

Categoria: Labs.
Tags: , , .

Sobre Maycon Souza

Diretor de Tecnologia da Morphy, entusiasta de novas tecnologias movido pela superação dos desafios!

Deixe um Comentário

Os campos com * são obrigatórios. Seu e-mail não será divulgado.