Carrinhos abandonados, como recupera-los?

carrinhos-abandonados
Quem trabalha com e-commerce sabe o tamanho do gap que se tem todo mês ao analisar os valores que não são faturados devido aos carrinhos abandonados.
 
Segundo relatório divulgado no site Inside Network, cerca de 18 bilhões de dólares foram perdidos em carrinhos abandonados no ano passado nos e-commerces dos Estados Unidos. O que torna esse dado muito importante é que isso corresponde a quase todo o faturamento do e-commerce do Brasil em 2012, que ficou em torno dos 25 bilhões de reais.
 
Mas quais são os principais motivos que levam o cliente a abandonar o processo de compra dentro de sua loja virtual? Veja os principais motivos apontados pelos consumidores americanos.
 
– 24% Salvam o carrinho para comprar depois;
– 14% Não querem criar conta;
– 11% Acham o checkout confuso;
– 44% Valor do frete é alto;
– 41% Não estão prontos para comprar;
– 7% Não encontraram uma opção de pagamento adequada;
– 25% Consideram o preço do produto alto;
– Os usuários entram no checkout sem estar logados;
 
Frete grátis é apontado como fator decisivo de compra para 73% dos consumidores!
  
E agora, quais são as estratégias para recuperar esses carrinhos abandonados? O que eu posso fazer a curto prazo para que minha loja fature esses valores perdidos?
Entre as táticas que podem ser adotas para recuperar essas cifras que foram embora ao fechar do navegador é o sistema de lembrança de carrinho abandonado ou no termo mais apropriado follow up e-mail. Essa ferramenta faz com que a sua loja envie um e-mail automaticamente para o usuário avisando que os produtos que ele colocou no carrinho estão esperando para a finalização do pedido. Táticas como essa chegaram a ter até 67% de conversão de vendas.
 
Outra questão que é muito importante é o cadastro. Seja breve, pegue as informações aos poucos pois ninguém gosta de preencher longos formulários, pergunte ao cliente o que for necessário saber. Esse processo de cadastro não pode demorar mais que 1 minuto. Se puder, dê a opção para o usuário fazer um login rápido com a sua rede social.
 
Lembre-se que um checkout simples é fundamental, hoje a tendência é a utilização da técnica do One Step Checkout ou Checkout Expresso. Onde o processo de inserção dos dados de pagamento e entrega são feitos em uma única tela, sem precisar clicar, nem avançar para a seguinte. Quanto mais simples o processo de compra, mais fácil é para converter as vendas.
 
Categoria: Labs.
Tags: , , , , , .

Sobre Lucas Negri

Gerente de Projetos para e-Commerce.

Deixe um Comentário

Os campos com * são obrigatórios. Seu e-mail não será divulgado.
  1. Post bem bacana! Poucos e-commerces fazem isso. O Ponto Frio e o Submarino já me mandaram e-mails dizendo “Olha, vamos dar 15% de desconto neste produto que você tanto quer!” e aí a gente acaba fechando. É uma estratégia legal, mas bem difícil de ver aplicada. :)

    • Isso mesmo, Raquel. São estratégias que precisam ser tomadas, inclusive pelas pequenas lojas de e-commerce. Os grandes players já estão mostrando que isso é mais que uma necessidade.